A doce e solitária alegria de gestar…

Esses dias conversando com uma amiga me dei conta de quanta coisa mudou nesses meses de gestação.

Lá se vão 235 dias, 33 semanas e quase 8 meses (segundo o aplicativo Pregnancy). Descobri e aprendi muita coisa nessa caminhada. Coisas que certamente me tornam diferente a cada dia.

Constatei que a gestação me fez mais maleável com algumas certezas que sempre tive. Mudei de opinião sobre inúmeras coisas, mas me tornei mais crítica e seletiva em outros casos. É impressionante como todo mundo sabe o que é melhor pra você e pro seu bebê, antes mesmo dele nascer. E olha que agora a dor e delícia de carregar ela é só minha, imagina quando ela estiver chorando na orelha de outrem..rs

Percebi também que a gravidez é uma alegria muito solitária. Estamos 24 horas por dia grávidas, durante todo aquele período que já falei ali em cima, e ainda não acabou. Então são muitos dias, alegrias, angústias e descobertas.

Enquanto estamos explodindo de emoções, dúvidas e certezas, as pessoas ao nosso redor estão vivendo normalmente. O que já era de se esperar, né? Afinal, é dentro de mim que cresce outra pessoa. Quando ela colocar a carinha no mundo aí vai ficar mais fácil ser notada por outras pessoas.

E esse foi um dos motivos para eu criar o Blog. Pra eu poder registrar aqui, e dividir também, todos esses acontecimentos.

Aqui converso comigo mesma e converso com você também, porque acompanho pela estatística que sempre passa alguém por aqui pra dividir comigo meus escritos, e eu acho isso super legal! 🙂 Me faz feliz!

Essa semana estamos com a casa de ponta cabeça montando o quartinho da Maria Luísa e isso tem me deixado cada vez mais perto de sentir minha nenénzinha no meu colo. É muito delícia, gente… Uma emoção difícil de descrever.

Logo, logo vou poder mostrar alguns detalhes do cantinho dela para vocês.

5 Coisas que faz você ter certeza de que sua barriga está enorme

Muitos me disseram que o primeiro trimestre era um pouco enjoado, literalmente, e assim aconteceu.

Logo que completei 3 meses entrei em lua de mel com a gestação. Os enjoos acabaram e foi só curtição. Ainda não tinha “aquela” barriga de grávida, mas a neném já era bem percebida por quase todos.

Eis que entramos no terceiro trimestre… Continuar lendo