3 coisas que atrapalham o seu planejamento

Você já fez um plano e ele não deu certo?
Vou listar aqui 3 coisas que são fatais para o seu planejamento:

It's #NewKicks Friday!

1- NÃO ANOTAR SEU OBJETIVO
Quem já foi ao mercado e voltou sem o que mais precisa? Me pergunta como eu sei? Anotar seu objetivo é fundamental para organizar a realização dele. Anote em um caderno, agenda, planner, celular, mas anote! 

2- NÃO DETERMINAR UM HORÁRIO/PERÍODO PARA REALIZAR O QUE FOI PLANEJADO
É muito impotante definir quando você fará aquilo que está se propondo. Transforme o seu planejamento em um compromisso, ou, certamente, você encontrará outras demandas pelo caminho.

3-NÃO DEIXE O JAQUÊ ENTRAR NA BRINCADEIRA
Não sabe quem é Jaque? Vou explicar. Jaquê eu estou recolhendo a roupa, vou guardar os brinquedos. Jaquê estou guardando a louça, vou arrumar esse armário, e por aí vai. O Jaquê é um dandadinho destruidor de planos. Coloca logo ele pra correr da sua vida!

Já passou por alguma dessas situações? Compartilha aqui!

Virando o jogo

Olá, Pessoal!

Estava aqui observando o meu último post… e ele já tá quase fazendo aniversário, quase um ano se passou! Mas sabe o que eu consegui constatar? !Que já tem mais de um ano que venho estudando e praticando diariamente o planejamento e a organização na minha vida.

Muita coisa mudou nesse último ano. Eu mudei, minha residência mudou, minha rotina mudou mais ainda. Até os meu cabelos mudaram. Mas fiquei feliz de perceber o quanto aprendi e evoluí pelo caminho. Hoje me sinto bem com a pessoa que me tornei, e considero isso uma grande conquista!

Vou reativar esse canal, mas agora como suporte da conta no instagram, que se tornou meu principal meio de comunicação e compartilhamento de ideias, mas meu caso de amor com o blog é muito antigo e por isso não consigo me desapegar dele assim totalmente. Então, se você quer saber mais sobre organização, planejamento, economia criativa e rotina produtiva passa lá no insta: @benditamamae

img_4435

Nos vemos em breve!

 

Desafio: tenha como meta… Primeiro resultado!

Oi gente!

Voltei aqui pra contar pra vocês que adorei a brincadeira. Passei o mês cuidado de anotar e realizar as minhas metas. Não fiz tudo como eu tinha pensado em fazer, preciso confessar, mas adorei o exercício.

Algumas das escolhas que eu fiz vou manter durante o ano, me ajudaram muito e facilitaram bastante a minha rotina.

Montei o cardápio da semana ainda na sexta-feira e coloquei na porta da geladeira. Já fiz as compras de tudo que precisaria para realizar aquelas refeições e o que eu não consegui comprar no primeiro momento já ficou na lista, e toda vez que fui ao mercado sabia exatamente o que queria, me ajudou bastante.

Comprei esse calendário mensal em uma papelaria e coloquei os compromissos mais importantes do mês. Ele me ajuda a visualizar a semana.

Ainda não decidi se vou usar agenda, eu sei, fevereiro já está quase na metade e eu estou atrasada… mas coloquei um caderninho na bolsa, que me ajuda com as anotações mais importantes, sou daquelas que adora escrever mesmo. Enquanto não decido sobre a agenda física estou super usando a do celular. Estou adorando!! Nunca mais esqueci um compromisso ou marquei duas coisas para o mesmo horário.

Confesso que o difícil é manter essa disciplina, mas seguirei tentando. Ao final do ano teremos 12 desafios e muita melhora!

O desafio para fevereiro, e que já estou colocando em prática, pelo menos tentando ao máximo, é “Ter como meta: chegar no horário.”

Nunca fui muito pontual, mas depois que a Malu nasceu meu nome mudou para Camilla Cansada Atrasada, e eu acho isso horrível.

Ja tenho conseguido ajustar algumas coisas, mas é realmente um desafio. E essa é a proposta, né?

E vocês? Conseguiram se organizar mais em janeiro? Vamos fazer juntas e meta de fevereiro?

Malu sendo Malu #1

Malu é uma figura. Tem coisas que ela fala que nos deixa encantados… ou bravos… ou morrendo de rir. Porque ela é dessas.

Algumas coisas que aconteceram já se perderam na minha memória, o que é uma pena, mas tem uma história da bananinha que não conseguimos esquecer. Foi muito engraçado.

Ela adora aquelas barrinhas de banana. Sempre temos em casa, mas não damos sempre. Num certo dia chegamos do mercado com uma caixa dessas barrinhas. Colocamos em cima da bancada e estávamos organizando as coisas. Eu na cozinha, marido na sala. E ela pedindo a bananinha. Eu falei que não, que ela já tinha comido uma naquele dia. Ela andou pra lá… andou pra cá… rodou, rodou pela casa e escalou uma cadeira e pegou uma bananinha.

– Mamãe, você quer bananinha.

– Não filha, obrigada.

– Papai você quer uma bananinha?

– Não filha, obrigado.

– Neném, você quer uma bananinha? Sim, a neném quer. Papai, abre a bananinha pra neném, por favor!

Gente, claro que depois que demos muitas gargalhadas, papai abriu a bananinha pra ela e pronto.

É ou não é uma figura?