A nova configuração do tempo

A maternidade muda nosso ponto de vista sobre diversas coisas. Sobre a vida, sobre o certo, sobre o bonito e o feio. Mas muda muito nossa maneira de contar o tempo.

Nesse primeiro mês da Malu meu relógio se baseou na fome dela. Já que chorou mamou, tenho de estar disponível sempre que ela tiver fome. Sou uma mamadeira ambulante..rs. É gostoso, mas é também cansativo, e ainda assim eu tenho tentado aproveitar todos os mementos que passo com ela no meu colo.

Ela ainda é muito pequenininha e a interação é mínima, mas adoro a saudade que sinto dela quando ela dá uma dormida bem longa durante o dia. Quando ela acorda e sinto sua pele quentinha no meu colo meu coração infla de alegria. Sempre me lembro do primeiro toque, do primeiro encontro que tivemos na hora do parto. Acho que não vai ser assim pra sempre, mas ainda é.

Ontem li um post no face de uma amiga que me fez pensar ainda mais sobre o tempo. Ela escreveu:

“Sofrendo por ter que trabalhar tanto pra pagar uma conta que eu não teria se não tivesse que trabalhar tanto…”

Escreveu isso com as hastitáguis ‪#‎nenemnacreche‬ ‪#‎mamãenamerda‬‪ #‎querotempopromeufilho‬

Tenho pensado muito como vai ser o meu retorno ao trabalho, e tenho estudado diferentes possibilidade pra me manter autônoma e com tempo pra ficar com a neném. Sei que para isso vou ter de abrir mão de algumas seguranças que uma carteira assinada ou um concurso público oferecem, e talvez até possa oferecer menos, em termo materiais, pra Malu por conta disso. Mas terei a recompensa, de passar mais horas e acompanhar mais o crescimento e desenvolvimento da minha pequena.

Não ter um trabalho formal significa que abrirei mão de coisas pra mim também. Materiais e emocionais. Porque eu acho muito importante o sentimento de pertencimento que um trabalho nos traz. De pertencer a uma sociedade, de produtividade, de crescimento. E isso vou ter de trabalhar internamente, já que a maioria deles poderei alcançar na minha autonomia. Isso se eu conseguir derrubar o meu próprio preconceito e ignorar o preconceito dos outros.

Além disso, fiquei pensando em como é difícil para os papais. Meu marido sai de manhã, muitas vezes ela está dormindo, e chega super tarde, já que dá aulas a noite. Nesse horário ainda pega ela acordada, mas é um tempinho curto, geralmente ela acabou de mamar e já está querendo dormir.

O tempo vai passando, ela vai crescendo e o papai quase não presencia suas caretinhas, seus novos movimentos com as mãozinhas, seus inúmeros sorrisos durante o dia. Deve ser muito dolorido pra ele, ver sua pequena crescendo e ele trabalhando pra garantir conforto e tranquilidade pra ela e perder a boa parte do seu desenvolvimento, assim como esta sendo dolorido pra minha amiga. Mas, infelizmente, não dá pra ser diferente. Ou até daria, se mamãe fosse trabalhar e o papai ficasse em casa com a pequena. Funcionaria, ele é totalmente capaz de cuidar dela. O que não mudaria é que um dos pais estaria menos tempo com a cria.

Por isso acho tão importante investir na qualidade do tempo que se tem juntos. Fiquemos realmente juntos. Vamos curtir nossos sorrisos, ouvir nossas histórias, nos olhar nos olhos. Longe de tv, de celular, de distrações que nos afastam. Tenhamos um tempo reservado para gastar entre nós. Pode ser um tempo curto, mas que seja um tempo gasto com sabedoria, isso garantirá lindas memórias, para um e para outro.

Para minha amiga eu digo: acalme seu coração! Tenho certeza que seu bebê reconhece em você a mãe dedicada e amorosa que você é. Trabalhar fora faz parte da configuração da nossa nova sociedade. Hoje, poucas são aquelas que conseguem ficar em casa com seus filhos, e pagam um preço por isso.

Papai gastando com sabedoria o seu tempo com a pequena.

12067301_10206712316798882_1669506442_n-2

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s